Justiça de Santa Bárbara recebe mais um inquérito sobre vereadores

O delegado Domiciano Monteiro de Castro Neto, responsável pela Polícia Civil de Santa Bárbara, entregou à Justiça o inquérito que investiga contratos fraudulentos referentes a aluguel de veículos por parte da Câmara Municipal do município.

As pilhas de documentos foram entregues na semana passada para a recém empossada juíza, Fabiana Gonçalves da Silva Ferreira de Melo, que assumiu a comarca de Santa Bárbara. O delegado Domiciano Monteiro afirmou que não poderia dar detalhes sobre o teor desse último inquérito para não atrapalhar a estratégia das investigações.

A investigação, iniciada em abril de 2016, foi o que deu origem à operação Apollo 13, desencadeada em julho deste ano e que resultou na prisão de nove pessoas, incluindo dois ex-presidentes da Câmara, quatro vereadores, além de ex-ocupantes de cargos de confiança e um empresário. Outras nove pessoas, incluindo vereadores, assessores e servidores foram levados coercitivamente para prestar depoimentos e estão presos no presídio de Barão de Cocais.

Dias antes de finalizar esse novo inquérito, o delegado afirmou que já havia 84 indiciamentos e que vários outros crimes foram descobertos durante as investigações. Segundo ele, outros empresários, além dos suspeitos Madson Geraldo Arcanjo, que continua preso, e Philipe Lima Moreira, foragido da Justiça, estavam envolvidos em contratos fraudulentos.

*Leonel Marques

Comentário

Comentários estão fechados

....

Veja também: