Vereadores de Santa Bárbara tem pedido de habeas corpus negado

Os vereadores de Santa Bárbara, afastados da atual legislatura e presos no presídio de Barão de Cocais, tiveram o pedido de habeas corpus negado por unanimidade pelos desembargadores da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

O julgamento ocorreu na semana passada, em Belo Horizonte. Os dois vereadores Ermelindo Francisco Ferreira e Juarez Camilo Carlos, presidente da Câmara afastado, continuam presos. Além deles, o empresário Philipe Lima Moreira, que continua foragido da Justiça, também teve seu pedido de habeas corpus negado pelo TJMG. O ex-chefe de gabinete da Câmara, Willian da Silva Mota, também preso em Barão de Cocais, foi outro com pedido de habeas corpus negado.

Eles pretendem recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.
*Leonel Marques

Comentário

Comentários estão fechados

....

Veja também: