Fogo em Catas Altas ameaça reserva do Santuário do Caraça

Foto de vista do incêndio a partir da cidade

Continua se alastrando na Serra do Caraça um incêndio de grandes proporções que está consumindo toda a vegetação do entorno da referida serra em Catas Altas. O fogo começou no domingo, foi contido parcialmente, mas novos focos surgiram na segunda-feira e demandaram intenso combate durante todo o dia.

As chamas atingiram mais de três metros de altura e podem ser vistos do centro da cidade histórica de Catas Altas. A Prefeitura informou, através de nota à imprensa, que encontrou dificuldades em acionar o Corpo de Bombeiros, precisando recorrer a um deputado estadual.

O combate às chamas está sendo realizado por bombeiros voluntários, brigadistas da Associação Mineira da Defesa do Meio Ambiente (Amda) com ajuda dos funcionários de empresas da região que enviaram caminhões-tanque. O terreno íngreme da montanha, de difícil acesso, atrapalha muito na contenção das chamas, uma vez que os caminhões não tem acesso por estradas em quase toda a extensão da serra.

Desde domingo, sete integrantes da Associação dos Bombeiros Voluntários de Barão de Cocais foram para Catas Altas para ajudar a combater os focos de incêndio, mas eles possuem apenas abafadores. Equipes da Amda estão atuando com bombas costais e também abafadores.

Uma outra equipe de Corpo de bombeiros Militar chegou em Catas Altas na segunda-feira para auxiliar no combate ao incêndio. Aeronaves estavam sobrevoando a serra esguichando água para apagar os focos de incêndio, mas existe o perigo de as chamas chegarem à Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) do Santuário do Caraça.
*Leonel Marques

Comentário

Comentários estão fechados

....

Veja também: