Foto de profissional da saúde em ação de bloqueio

A Prefeitura de Barão de Cocais informou que no último dia 12, sexta-feira, foi encontrado um macaco morto no bairro Irmãos Aleme. O animal foi recolhido e encaminhado para análise laboratorial em Belo Horizonte.
De acordo com o setor de epidemiologia da Prefeitura, “devido ao ocorrido deu-se início a diversas ações para o controle e prevenção a febre amarela, que apresenta surto no estado”.

No dia seguinte foi realizada a pulverização de bloqueio nas proximidades (500 m²), a verificação do cartão vacinal e a intensificação da vacina, casa a casa, totalizando 201 doses aplicadas.
As ações ocorreram nos bairros: Bairro Garcia (76 doses; houve uma recusa); Bairro Andaime (50 doses; quatro pessoas recusaram a receber a vacina); Bairro Sagrada Família (75 doses; uma recusa); e Bairro Capim Cheiroso (nenhuma dose aplicada porque a comunidade estava em dia com a vacinação).

A Secretaria Municipal de Saúde orienta a população que ainda não foi imunizada a procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência levando o cartão de vacina e o cartão SUS, pois todos os postos possuema vacina contra a febre amarela e esclarece também que, segundo a nota da Secretaria de Estado,“Em decorrência da expansão da área de circulação do vírus amarílico (…), o Ministério de Saúde identificou a necessidade de ampliar as áreas com recomendação de vacinação para os residentes ou viajantes, de nove meses a 59 anos de idade, com vistas a reduzir a incidência da doença” e que os maiores de 60 anos somente serão vacinados com receituário médico.

Comentário