Recursos estão disponíveis para agricultura empresarial (R$ 19,6 bilhões) e familiar (R$ 3,3 bi)

Foto ilustrativa, plantação
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou que passa a disponibilizar a partir de quarta-feira, dia 10, R$ 23 bilhões destinados ao Plano Safra 2019/2020. Desta vez serão R$ 700 milhões a mais do que no ano passado destinados, principalmente, ao financiamento de investimentos e custeio da produção agropecuária brasileira.

Os recursos do BNDES serão aplicados em agricultura empresarial (R$ 19,6 bilhões, com taxas de juros anuais entre 5,25% a 10,5%) e na agricultura familiar (R$ 3,3 bilhões, com taxas entre 0,5% e 4,6% ao ano). O Banco vai operar em parceria com mais de 30 instituições financeiras – dentre agências de fomento, bancos de montadoras, cooperativas de crédito, bancos cooperativos, bancos privados e bancos públicos. Esta rede torna possível descentralizar o acesso aos recursos dos Programas Agropecuários do Governo Federal – PAGF, facilitando o desenvolvimento de uma política pública de apoio à agropecuária.

O BNDES informou também que aumentará o orçamento em todas as principais linhas de fomento à agropecuária empresarial brasileira no Plano Safra 2019/2020. Serão R$ 7,5 bilhões para o financiamento à aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas no Moderfrota. O Prodecoop, voltado ao desenvolvimento das cooperativas agropecuárias, contará com recursos na ordem de R$ 1 bilhão. O programa ABC, cujo foco são as práticas agrícolas que reduzam a emissão de gases, terá à disposição R$ 746 milhões. E, finalmente, R$ 750 milhões é o orçamento do BNDES para o Inovagro, que contempla iniciativas inovadoras em agropecuárias.

Cerca de 70% das operações de financiamento com produtores rurais, segundo o BNDES já são aprovadas em tempo real devido ao processo de transformação digital iniciado em 2017. A expectativa é de que até o fim do atual ano agrícola quase todas estas operações sejam digitais, gerando agilidade e mais segurança para concessão do crédito. Além disso, o Canal MPME permite pesquisar linhas de crédito e solicitar financiamento a partir de qualquer dispositivo com acesso à internet.

?