class="post-template-default single single-post postid-12604 single-format-standard wp-custom-logo blog-post header-layout-default">

Foto do poster de divulgação

A justiça pode até ser cega, mas Verônica não. E ela não vai parar, como mostra o trailer da série ‘Bom Dia, Verônica’, que a Netflix acaba de divulgar. No vídeo, a escrivã da Delegacia de Homicídios de São Paulo – personagem que dá nome à série e é interpretada por Tainá Müller – mergulha em duas investigações repletas de suspense e ação para ajudar as vítimas da violência e da injustiça. Para isso, ela irá bater de frente com o delegado Carvana (Antônio Grassi) e com a delegada Anita (Elisa Volpatto).

Um dos casos que chama sua atenção é o de Tânia (Aline Borges), mulher enganada por um golpista que inicia o ataque através da internet. O outro é o de Janete (Camila Morgado), esposa de Brandão (Eduardo Moscovis), um serial killer inteligente e perigoso. Por detrás da fachada de marido carinhoso e profissional exemplar, ele revela uma mente cruel capaz de aprisionar seus alvos tal como pássaros em uma gaiola.

Baseada no celebrado romance policial homônimo da criminóloga Ilana Casoy e do escritor Raphael Montes, Bom Dia, Verônica tem trilha sonora assinada por Dado Villa-Lobos e Roberto Schilling. A cantora Elza Soares, que embala o trailer com os versos da canção Maria da Vila Matilde, faz parte da afinada seleção musical da dupla.

Com estreia em 1º de outubro, só na Netflix, a série foi criada e adaptada para a TV por Raphael Montes, com roteiro do próprio Raphael junto com Ilana Casoy, Gustavo Bragança, Davi Kolb e Carol Garcia. Na direção geral está José Henrique Fonseca, que é ainda produtor-executivo da série ao lado de Eduardo Pop, Ilana Casoy e Raphael Montes. Izabel Jaguaribe e Rog de Souza também assinam a direção. A produção é da Zola Filmes.

Sobre o livro Bom Dia, Verônica

Lançado pela Darkside Books em 2016 sob o pseudônimo de Andrea Killmore, o thriller Bom Dia, Verônica vendeu 10 mil exemplares na primeira tiragem e causou curiosidade dos fãs sobre a verdadeira identidade da autora. Agora, o segredo guardado há anos foi quebrado: Ilana Casoy, criminóloga e escritora, e Raphael Montes, escritor e roteirista, escreveram juntos o romance que mistura crime real e ficção e ganha nova edição este ano.