Última atualização em 11/10/2019 às 17:33

Confira também outros filmes já em cartaz

Foto de cena do filme
As loucuras de Rose [Wild rose, Reino Unido, 2018], de Tom Harper (Diamond Films). Gênero: drama. Elenco: Jessie Buckley, Julie Walters, Sophie Okonedo. Classificação: Não recomendado para menores de 14 anos.
Rose-Lynn Harlan (Jessie Buckley) é uma cantora de Glasgow, na Escócia, que sonha em se tornar uma estrela da música country em Nashville, no Tennessee. Acabando de sair da prisão e mãe solteira de dois filhos, ela é forçada a encarar responsabilidades mais urgentes e arruma um emprego de diarista, mas acaba encontrando em seu caminho quem dê apoio para o seu sonho aparentemente louco. Classificação indicativa 14 anos, contém drogas, violência e conteúdo sexual.

Coringa [Joker, Estados Unidos, 2018], de Todd Phillips (Warner). Gênero: ação. Elenco: Joaquin Phoenix, Zazie Beetz, Frances Conroy. Imax. Classificação: Não recomendado para menores de 16 anos.
História de origem do vilão mais conhecido e insano já enfrentado pelo Batman: o lendário Coringa (Joaquin Phoenix). Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) trabalha como palhaço para uma agência de talentos e, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. Após ser demitido, Fleck reage mal à gozação de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante. Classificação indicativa 16 anos, contém violência extrema.

Encontros [Deux moi, França, 2019], de Cédric Klapisch (Imovision). Gênero: drama. Elenco: François Civil, Ana Girardot, Camille Cottin. Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos.

Rémy e Melánie são vizinhos, mas não se conhecem. Na faixa de seus 30 anos, ambos tentam vencer a solidão da cidade grande no mundo moderno. Enquanto ele não tem ânimo para conhecer novas pessoas, ela multiplica seus encontros nos aplicativos de relacionamento. Dois indivíduos, dois destinos. Sem saber, seus caminhos os levam na mesma direção… seria essa uma história de amor? Classificação indicativa 12 anos, contém conteúdo sexual, drogas lícitas e temas sensíveis.

O clube dos canibais [O clube dos canibais, Brasil, 2018], de Guto Parente (Olhar Distribuição). Gênero: terror. Elenco: Tavinho Teixeira, Ana Luiza Rios, Pedro Domingues. Classificação: Não recomendado para menores de 18 anos.
Otávio (Tavinho Teixeira) e Gilda (Ana Luíza Rios) são da elite brasileira e membros do The Cannibal Club. Os dois têm como hábito comer seus funcionários. Quando Gilda acidentalmente descobre um segredo de Borges, um poderoso congressista e líder do clube, ela acaba colocando sua vida e a de seu marido em perigo.

Domingo [Domingo, Brasil, 2017], de Fellipe Barbosa, Clara Linhart (ArtHouse). Gênero: drama. Elenco: Camila Morgado, Chay Suede, Augusto Madeira. Classificação: Não recomendado para menores de 16 anos.
Foto de Camila Morgado
1º de janeiro de 2003. Enquanto Brasília celebra a posse do Presidente Lula, duas famílias do interior gaúcho se reúnem em uma velha casa de campo para um churrasco regado a champanhe, segredos, anseios e frustrações. “Domingo” poderia ser um dia qualquer – não fosse a tempestade repentina que despertará antigos fantasmas.

Angry birds 2 – O filme [Angry Birds 2, Estados Unidos, 2017], de Thurop Van Orman, John Rice (Sony). Gênero: animação. Elenco: Fábio Porchat, Dani Calabresa, Marcelo Adnet. Classificação: Livre.

Os passarinhos mais mal-humorados do planeta estão de volta em uma nova aventura. Desta vez, os Angry Birds terão que se unir aos seus inimigos mortais, os Porcos, para evitar que uma outra espécie de inimigos invada a sua ilha. Além da turminha já conhecida do primeiro filme, Red, Bomba, Chuck, Matilda e Terence, neste filme os bebezinhos também vão aprontar muita confusão! Classificação indicativa livre, contém violência fantasiosa.

Ela disse, ele disse [Ela disse, ele disse, Brasil, 2019], de Claudia Castro (Imagem). Gênero: comédia dramática. Elenco: Maisa Silva, Marcus Bessa, Fernanda Gentil. Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos.
Rosa (Duda Matte) é uma menina estudiosa, Leo (Marcus Bessa) manda bem no futebol. Ela é pontual, ele está sempre atrasado. Ela detesta Júlia (Maisa), a menina mais popular do colégio, ele até que gosta dela. Os dois são alunos novos na escola e, além de aprender a lidar com os novos amigos e os problemas na família, descobrem que têm muito mais em comum do que imaginavam. Baseado na obra de sucesso de Thalita Rebouças, eles vão descobrir que crescer pode parecer complicado, mas no fundo, é a maior aventura. Classificação indicativa 12 anos, contém violência e conteúdo sexual.

Paulo de Tarso e a História do cristianismo primitivo [Paulo de Tarso e a história do cristianismo primitivo, Brasil, 2019], de André Marouço (A2 Filmes). Gênero: drama. Elenco: Caio Blat, Alexandre Galves. Classificação: Não recomendado para menores de 14 anos.Uma jornada dos feitos de Paulo de Tarso, um dos principais propagadores do Cristianismo, desde a época em que era cético em relação aos ensinamentos de Jesus Cristo até quando, tomado por uma súbita cegueira, compreendeu que sua função no mundo era levar sua palavra adiante.

A fera na selva [A fera na selva, Brasil, 2018], de Paulo Betti, Eliane Giardini, Lauro Escorel (O2 Play). Gênero: comédia dramática. Elenco: Paulo Betti, Eliane Giardini, Ademir Feliziani. Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos.
João e Maria vivem uma vida inteira juntos. Ele é professor de português, ela de literatura inglesa. João é atormentado pela obsessão que uma coisa extraordinária vai acontecer em sua vida. Maria aceita esperar com ele A Fera na Selva, que um dia chegará avassaladora.

Jessica forever [França, 2018], de Caroline Poggi, Jonathan Vinel (Zeta Filmes). Gênero: drama. Elenco: Aomi Muyock, Sebastian Urzendowsky, Augustin Raguenet. Classificação: Não recomendado para menores de 16 anos.

Jessica é uma rainha, mas ela pode ser uma guerreira, uma mãe, uma deusa ou uma estrela. Jessica salvou todos aqueles jovens perdidos, aqueles meninos solitários, órfãos e perseguidos que nunca conheceram o amor e que se tornaram monstros. Juntos, formam uma família e procuram criar um mundo no qual tenham o direito de permanecer vivos.

Onde quer que você esteja [Onde quer que você esteja, Brasil, 2018], de Bel Bechara, Sandro Serpa (Boulevard Filmes). Gênero: drama. Elenco: Débora Duboc, Leonardo Medeiros, Brenda Lígia. Classificação: Não recomendado para menores de 10 anos.
Toda semana a Rádio Cidade Aberta transmite o programa Onde Quer que Você Esteja, em que pessoas tentam se comunicar com parentes e amigos desaparecidos. Com tantos reencontros emocionantes, os bastidores do programa acabam sendo recheados de histórias de vida que se cruzam e se transformam.

O homem que cuida [El hombre que cuida, Brasil, 2017], de Alejandro Andújar (Esfera). Gênero: drama. Elenco: Héctor Aníbal, Julietta Rodriguez, Yasser Michelen. Classificação: Não recomendado para menores de 16 anos.
Juan (Héctor Aníbal) tem 25 anos e trabalha cuidando de uma rica casa de praia. Abalado por ter sido abandonado pela esposa, que está grávida de outro homem, ele mergulha no trabalho de tal forma que cuida do local como se fosse seu, sendo até mesmo rude com as pessoas que conhece. Um dia, sua rotina é alterada com a chegada de Rich (Yasser Michelén), o filho de seu patrão, ao lado do amigo Alex (Héctor Medina). Os dois trouxeram também Karen (Julietta Rodriguez), moradora local que já havia batido de frente com Juan por usar o pier da propriedade sem permissão. Bastante incomodado com a presença da moça, Juan precisa lidar ainda com o zelo que possui pela casa e a necessidade de servir ao filho de seu patrão, independente de concordar ou não com seus atos.

Desafio de um campeão [II Champione, Itália, 2019], de Leonardo D’Agostini (Arteplex Filmes). Gênero: drama. Elenco: Stefano Accorsi, Andrea Carpenzano, Massimo Popolizio. Classificação: Não recomendado para menores de 14 anos.
Christian é um jogador de futebol muito talentoso e bem-sucedido que, após causar alguns problemas em campo, é aconselhado a procurar ajuda por parte do presidente de seu time. Quando Valerio, um professor tímido e solitário, é designado como tutor pessoal do atleta, encarregado de controlar seu temperamento, os dois precisam encontrar forças um no outro se quiserem que a improvável amizade entre eles floresça

A turma do Pererê [A turma do Pererê, Brasil, 2018], de Ricardo Favilla (O2 Play). Gênero: documentário. Classificação: Não recomendado para menores de 10 anos.
Marcada na história como a primeira revista em quadrinhos brasileira, totalmente em cores, A Turma do Pererê é considerada uma influência gigante para diversos autores que surgiram depois, como Maurício de Sousa. Além de ter sido a primeira a abordar temas como ecologia e inclusão social, a obra também é referenciada por se alinhar perfeitamente aos principais acontecimentos políticos da época.

O homem ideal? [M’esperarás?, Espanha, 2017], de Carles Alberola (Fênix Filmes). Gênero: comédia. Elenco: Carles Alberola, Alfred Picó, Cristina García. Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos.
Jaume e Raquel são um casal exemplar, com uma relação de dar inveja em qualquer um. Quando eles organizam um encontro às cegas para seu amigo Rubén, que se divorciou faz dois anos e sofre de depressão, eles conhecem uma mulher que coloca sua vida de cabeça para baixo, provando que nunca é tarde demais para recomeçar.

De peito aberto [De peito aberto, Brasil, 2018], de Graziela Mantoanelli (Pagu Pictures). Gênero: documentário. Classificação: Não recomendado para menores de 10 anos.
Seis mães de diferentes realidades socioculturais compartilham os seis primeiros meses de vida dos seus bebês, o tempo recomendado pela Organização Mundial de Saúde para alimentar crianças somente com leite materno. Lidando com muitas emoções e questões sociais, a diretora Graziela Mantoanelli aborda políticas públicas, interesses privados por trás do mesmame precoce, os diversos modelos de família e o papel da mulher na sociedade.

Um dia para Susana [Um dia para Suzana, Brasil, 2018], de Giovanna Giovanni, Rodrigo Boecker (Vitrine Filmes). Gênero: documentário. Elenco: Susana Schnarndorf. Classificação: Não recomendado para menores de 10 anos.
Diagnosticada em 2005 com atrofia de múltiplos sistemas, a triatleta Susana Schnarndorf conseguiu permanecer ligada ao esporte dedicando-se à natação paralímpica. O avanço imprevisível da doença degenerativa afeta seu desempenho e a faz mudar de classe, mas Susana permanece nos intensos treinos para realizar o sonho de competir nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Confira também outros filmes já em cartaz

* A classificação é exercida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), com o objetivo é proteger crianças e adolescentes de possíveis danos causados pela exposição a conteúdos inadequados para suas faixas etárias