A Câmara Municipal de Barão de Cocais, presidida pelo vereador Leonei Morais Pires, apresentou Moção de Congratulações ao senhor José Genésio Lopes, pelos seus 100 anos de vida ativa, comemorados no domingo, dia 26 de agosto, com celebração de missa por intenção do aniversariante centenário. O projeto de Moção de Congratulações foi de autoria do vereador Sebastião Eustáquio dos Santos, ex-presidente da Câmara Municipal .
O metalúrgico aposentado José Genésio Lopes, que é parente próximo do vereador Leonei Pires, nasceu no distrito de Brumal, na localidade de Arranca Tôco, no dia 26 de agosto de 1918, onde passou boa parte de sua vida, antes de chegar em Barão de Cocais. Em 1951, José Genésio foi festeiro em Brumal na Festa de Santo Amaro, participando da tradicional Cavalhada. Com o valor arrecadado da festa, financiou a instalação da rede elétrica da histórica e tricentenária igreja de Santo Amaro. Ainda, trabalhou no antigo Colégio do Caraça, próximo de Brumal, durante quatro anos, onde auxiliava na celebração da missas celebradas pelos padres lazaristas vicentinos. Na ocasião, aprendeu um pouco de Latim, idioma com o qual era rezada a missa, na época. Em 1959, mudou-se para Barão de Cocais, atuando a seis quilômetros de Brumal, para trabalhar como foguista nos altos fornos da Companhia Brasileira de Usina Metalúrgicas (CBUM), durante 40 anos, quando se aposentou. Aposentando-se com uma invejável saúde, ele costuma fazer compras nos supermercados e assistir missas na Matriz Santuário São João Batista, a poucos metros da Vila São Geraldo, onde reside com a sua família.
Em Barão de Cocais, sua terra adotiva, José Genésio teve acentuada participação na comunidade cocaiense. Foi membro da Irmandade do Santíssimo Sacramento e da Conferência de São Vicente de Paulo. Também atuou como Comissário de Menor na Vila São Geraldo e participava como apóstolo nas solenidades religiosas da Semana Santa, realizadas na paróquia São João Batista, onde no adro da Matriz, ocorria a cerimônia do Descendimento da Cruz e depois a procissão do Senhor Morto. José Genésio casou-se com a dona de casa, Carmem Agripina Lopes, no dia 31 de dezembro de 1944, tendo 13 filhos, 26 netos, 15 bisnetos e um tataraneto. Os vereadores que aprovaram o projeto de Moção de Congratulações ao senhor José Genésio, afirmaram que ele é um motivo de orgulho para a comunidade de Barão de Cocais.
*Leonel Marques

Comentário