Foto ilustrativa
Em menos de uma semana, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 alcançou 3.087.518 inscrições. A marca foi alcançada às 16 horas desta sexta-feira, 15 de maio, conforme dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame.

A versão digital das provas tem 99.610 inscritos. Com isso, as cerca de 101 mil vagas destinadas para essa modalidade do exame estão praticamente esgotadas. Já o Enem impresso recebeu 2.955.820 inscrições. O Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro, e a versão digital, em 22 e 29 de novembro.

Desde segunda-feira, 11, os estudantes podem realizar a inscrição para participar da maior prova de acesso ao ensino superior no país. As inscrições para as duas versões devem ser realizadas na Página do Participante, no site do Enem. Os estudantes têm até o dia 22 de maio para realizar essa etapa do exame.

Os participantes do Enem, que não se enquadram nos critérios de isenção, devem pagar a taxa de inscrição de R$ 85 (mesmo valor de 2019) até 28 de maio. O sistema do Enem foi integrado ao portal de serviços digitais do governo federal. Por isso, os participantes precisam realizar o cadastro no gov.br para acompanhar todas as etapas de execução do exame. A senha registrada será única para acesso a todos os serviços federais na internet.

De acordo om o MEC, para elevar o nível de segurança da aplicação do Enem, foi implantada a identificação por foto. O participante deve anexar, durante a inscrição, uma fotografia, o arquivo deve estar no formato PNG, JPG ou JPEG, com tamanho máximo de 2 MB. A imagem deve estar nítida para o reconhecimento do participante, que não deve utilizar artigos de chapelaria, como bonés e lenços, e óculos escuros.

Isenção – Quem tem direito à gratuidade da taxa de inscrição, por se enquadrar nos perfis previstos nos editais do Enem, terá a isenção, a partir da análise dos dados declarados no sistema de inscrição. A medida beneficia quem teve dificuldades em realizar a solicitação de isenção, devido às restrições impostas pelo isolamento social decretado para conter a propagação da pandemia de Covid-19.