No dia 28 de dezembro de 1988, há 30 anos, Barão de Cocais recebeu a notícia da confirmação da compra da Cimetal Siderurgia (ex-CBUM) em leilão realizado na Bola de Valores do Rio de Janeiro, no dia 21 de novembro de 1988.

A usina que estava com seu processo produtivo paralisado, os funcionários tiveram uma esperança renovada com a notícia. O sinos da Matriz São João Batista do Morro Grande badalaram para comemorar e a Gerdau iniciou a contratação de novos funcionários e então reativou o processo produtivo da usina, modernização de suas instalações e construindo a aciaria LD e a laminação de não planos.

Hoje a Gerdau é parceira da comunidade cocaiense em vários trabalhos sociais, investindo na constante especialização de seus funcionários, o que envolve desde a complementação do ensino formal de trreinamentos específicos, formando cada vez mais profissionais, especializados em siderurgia. Atualmente o Grupo Gerdau ocupa a posição de maior produtor de aços longos do continente americano com usinas siderúrgicas distribuídas no Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Estados Unidos, Uruguai e na Europa. Participa do desenvolvimento da economia brasileira há 116 anos, quando começou a operar a fábrica de pregos Pontas de Paris, na cidade de Porto Alegre (RS). Agora se faz presente há 30 anos no progresso de Barão de Cocais.
*Leonel Marques

Comentário