Foto de ista parcial da floresta de Canela
O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio publicou na última quarta-feira (27/5) a abertura de consulta pública sobre a concessão das Florestas Nacionais de Canela e de São Francisco de Paula, localizadas no Rio Grande do Sul. As duas unidades fazem parte de projeto do governo federal para a atração de investimentos que impulsionará os principais destinos e atrativos do país.

As contribuições poderão ser realizadas diretamente por meio do formulário eletrônico disponibilizado em https://forms.gle/VTdsLdAy11BAi3hk6 até o dia 11/07. Já as Audiências Públicas serão realizadas em 25/6 (São Francisco de Paula/RS) e 26/6 (Canela/RS).

As concessões abrangem os serviços de apoio à visitação, ao turismo ecológico, à interpretação ambiental e à recreação em contato com a natureza. O edital e demais documentos correlacionados poderão ser acessados no endereço https://bit.ly/Editais_ICMBio.

A Floresta Nacional de Canela possui área de 557 hectares, com altitudes que variam de 740 a 840 metros, e tem vocação para o turismo de aventura. Já a Floresta Nacional de São Francisco de Paula possui área de 1606 hectares, com altitudes superiores a 900 metros. Ambas são localizadas em um polo turístico consolidado nacionalmente, a Serra Gaúcha, no nordeste do estado do Rio de Grande Sul, que recebe anualmente 2,5 milhões de turistas.

As concessões de parques e florestas nacionais visando a prestação de serviços públicos de apoio à visitação, conservação, proteção e gestão das unidades de conservação contribuem para a revitalização e manutenção das mesmas, além de incentivar o turismo ecológico e sustentável.