Foto ilustrativa de parque mineiro
Uma equipe do Ministério do Turismo esteve em Belo Horizonte (MG) nesta quinta-feira, dia 30, tratando da avaliação e adequação de parques nacionais e estaduais e de seus entornos, com intuito de criar roteiros e produtos turísticos dentro do segmento turismo de natureza. A visita é uma sequência do investimento de R$ 150 milhões, por parte do governo federal, na reforma dessas unidades.

Durante a visita, os secretários sobrevoaram sete atrativos do estado passíveis de adaptação ao formato. Entre eles a Serra do Cipó, o Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, o Centro de Proteção e Educação Ambiental da Mata do Jambeiro e o vilarejo Lapinha da Serra. Os locais sediam o início de um plano nacional de utilização desses espaços que irá estruturá-los e integrá-los na intenção de atrair mais turistas para o país.

Segundo o secretário-executivo, Daniel Nepomuceno, o projeto é de suma importância para potencializar este segmento no país, que tem crescido entre os turistas estrangeiros. “Precisamos desenvolver este tipo de turismo no país. Temos grandes e lindos atrativos, que aliados à diversidade sociocultural e à conservação da biodiversidade, poderão ajudar o nosso setor a estar de volta aos trilhos do crescimento, gerando emprego e renda para nossa população”, destacou.

Também nesta quinta-feira (30.07), membros do Ministério do Turismo se reuniram com o secretário de Ecoturismo do Ministério do Meio Ambiente, André Germanos. Na pauta, estava a discussão de concessões de parques do país, incluindo os de Minas Gerais.