A tabela de pontuação definitiva do ICMS Patrimônio Cultural, exercício 2020, foi divulgada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepaha-MG), quando o município de Barão de Cocais foi posicionado em 11º lugar no ranking estadual com 23,02 pontos. O ranking é liderado por Mariana com 66,35 pontos; Santa Bárbara aparece em segundo com 43,50 e São João Del Rey, em terceiro com 35,85. Diamantina em quarto com 30,50 e Sabará, quinto ficou com 29,92. Ouro Preto, que tem o principal conjunto barroco do país, somou 38,42 pontos, em sétimo lugar. Catas Altas, com 22,21 ficou em 12º lugar (atrás de Barão de Cocais, com 23,02, em 11º lugar) e Caeté, em 15º lugar, tem 21,43 pontos. A pontuação definitiva será encaminhada em novembro à Fundação João Pinheiro, instituição responsável por calcular os valores que as prefeirturas irão receber do Governo de Minas Gerais. Técnicos do Iepha analisaram cerca de 3,5 mil pastas com a documentação enviada pelos municípios. No total, 804 cidades receberam pontuação e Barão de Cocais ficou em 11º lugar.
*Leonel Marques, de Barão de Cocais