Foto d praia da Malhada, em Jericoacoara
Seis novas praias brasileiras estão certificadas pelo Programa Bandeira Azul. O anúncio foi feito em Copenhagen, na Dinamarca, em reunião realizada nesta semana pelo Júri Internacional do Programa. Os destinos brasileiros contemplados com a certificação poderão hastear a Bandeira Azul a partir de 1º de novembro.

O Programa Bandeira Azul para praias, marinas e operadores de embarcações de Turismo Sustentável é desenvolvido pela organização internacional não-governamental e sem fins lucrativos FEE (Foundation for Environmental Education). No Brasil, o Programa Bandeira Azul é representado pelo Instituto Ambientes em Rede (IAR), membro da FEE desde 2005.

Entraram para o Programa na temporada de 2019/2020 a Voga Marina (SP) e as praias de Guarajuba (BA), Quatro Ilhas e Mariscal (SC), Malhada (CE), Saudade (SC) e Prainha (RJ).

Além destas, oito praias e seis marinas tiveram a certificação renovada: Ponta de Nossa Senhora do Guadalupe (BA), Lagoa do Peri (SC), Praia Grande (SC), Praia do Peró (RJ), Praia do Estaleiro (SC), Praia do Estaleirinho (SC), Praia de Piçarras (SC), Praia do Tombo (SP), Marina Costabella (RJ), Marinas Nacionais (SP), Iate Clube de Santa Catarina (SC), Marina Kauai (SP) e Marina Tedesco (SC). No total, são 20 localizadas participantes do Programa.