Imagem de foler de divulgação
O Museu Regional de São João del-Rei (MRSJDR)/Ibram, inaugurou neste domingo (05), a exposição virtual Oratórios: a religiosidade no cotidiano. A mostra conta com 12 obras manufaturadas entre os séculos XVIII e XIX.

Pertencentes ao acervo da instituição, os oratórios são divididos de acordo com seus atributos e usos por parte dos devotos. A exposição destaca três classificações – lapinha, itinerante e ermida – com peças de características barrocas e rococó.

O projeto de uma exposição virtual busca aproximar o público do museu durante o período de isolamento por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19). Como explica a diretora da instituição, Eliane Zanatta, “a exposição virtual foi pensada como estratégia de comunicação do museu para possibilitar uma aproximação entre a sociedade e seu patrimônio, visando um encontro mais efetivo e marcante, especialmente se consideramos que o museu está fechado para as obras de manutenção há mais de um ano e que estamos vivendo tempos difíceis com a crise do Covid-19 que assola o país.”

Eliane também acredita que esse tipo de iniciativa é uma forma de valorizar as peças que compõem o acervo do Museu Regional. “Estamos ampliando nossas ações, dinamizando o nosso acervo, colocando-o em ativação, para apresentação e pesquisa, sem refletir a realidade física das nossas exposições.”

A exposição virtual pode ser acessada até o dia 05 de julho por meio do site museuregionaldesaojoaodelrei.museus.gov.br.

O Museu
O Museu Regional de São João del-Rei foi aberto ao público no ano de 1963. A instituição está instalada em um casarão construído no século 19. O imóvel pertenceu ao comendador João Antônio da Silva Mourão, importante comerciante da cidade. Após alguns anos de um intenso jogo de interesse para definir o destino do casarão, o prédio foi tombado pelo IPHAN em 1946. Nos anos seguintes, o local passou por reformas e também nesse período o acervo foi montado com peças que remetiam ao cotidiano mineiro dos séculos 18, 19 e 20.