Foto do Pico da Neblina

O Parque Nacional do Pico da Neblina, localizado no estado do Amazonas, será reaberto para o turismo. A previsão é que a visitação pública seja permitida a partir de março deste ano. As agências e operadoras interessadas têm até 21 de janeiro para se habilitarem. O resultado final das empresas autorizadas e o calendário das operações deve ser publicado até o fim de fevereiro pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O processo para reabertura do Pico da Neblina à visitação turística durou cerca de cinco anos. Os trabalhos foram cercados de cuidados, segundo o ICMBio, porque a área tem dupla afetação, ou seja, é unidade de conservação ambiental e território indígena Yanomami. Dessa forma, todas as discussões envolveram o alinhamento da legislação do ICMBio e Funai, com apoio e consultoria do ISA (Instituto Socioambiental). Uma das preocupações, segundo o ICMBio, foi garantir a autonomia dos indígenas.

Gestora do Parque Nacional Pico da Neblina, Luciana Uehara, destaca que a reabertura é resultado de um processo que teve início em 2014, com diversas ações para construir o projeto de visitação. O Parque está fechado desde 2003, por recomendação do Ministério Público Federal, devido ao desordenamento da exploração turística que estava gerando violação dos direitos indígenas, conflito com turistas e impactos ao meio ambiente.

*Fonte: Ministério do Turismo