foto da maquinha do censoEstão abertas até amanhã, terça-feira,m 23 de julho, as inscrições para 400 vagas temporárias de analista de nível superior do Censo 2020. As oportunidades estão distribuídas em 20 áreas de conhecimento e em todas as unidades da federação, sendo a maior parcela para o Rio de Janeiro, sede do IBGE. O edital completo foi publicado no dia 08 de julho no Diário Oficial da União.

Para trabalhar em Belo Horizonte, o edital prevê 13 vagas, distribuídas nas seguintes áreas de conhecimento: Análise socioeconômica (1), Ciências contábeis (1), Gestão e infraestrutura (9, sendo 3 para pretos ou pardos e 1 para pessoas com deficiência), Jornalismo (1) e Métodos quantitativos (1).

A aplicação das provas está prevista para 1º de setembro e os aprovados devem ser convocados a partir do dia 27 do mesmo mês. A remuneração mensal é de R$ 4.200 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como a férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação vigente.

O período máximo da contratação é de 12 meses e os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente.

É importante esclarecer que as inscrições somente serão validadas após a confirmação do pagamento da taxa de R$ 64. Pretos ou pardos terão direito a 20% das vagas e pessoas com deficiência ao mínimo de 5%, de acordo com a legislação em vigor.

As provas contarão com 60 questões objetivas em língua portuguesa, conhecimentos específicos e raciocínio lógico, conforme descrito no edital. Já as provas dos candidatos da área de conhecimento de Métodos quantitativos não terão questões de raciocínio lógico. Segue anexo um spot sobre o processo seletivo.