O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou em seu perfil nas redes sociais, na tarde desta quinta-feira (18) a sua saída do governo Bolsonaro. “Agradeço a todos de coração, em especial ao presidente Jair Bolsonaro. O melhor presidente do Brasil! Liberdade”, diz o post de Weintraub.

No víde de despedida, Weintraub diz que não quer discutir os motivos de sua demissão e ressalta que recebeu convite para trabalhar no Banco Mundial.

Ele assegurou que seguirá apoiando Bolsonaro, como fez nos últimos três anos, desde que se conheceram. Segundo Weintraub, no exterior, ele se sentirá mais seguro com a mulher, os filhos.