Foto de jogadores uruguaios perfilados

Uruguai e Peru medem força neste sábado, às 16, pela Copa América. O jogo será na Fonte Nova e vale a última vaga para a fase semifinal que já Brasil, Argentina e Chile.

O vencedor de hoje é o adversáirio do Chile, se classificou na disputa de pênaltis, após um empate em 0x0 com a Colômbia no tempo normal.

A retrospectiva faz dos uruguaios o favorito. Nos últimos 20 confrontos pela Copa América, o Uruguai venceu 12. O último confronto em Copa América foi nas Semifinais na Argentina em 2011, com vitória do Uruguai 2-0 com gols de Luis Suárez.

Será o 2º confronto em Copa América jogando no Brasil entre URU e PER. Se enfrentaram em 1949, vitória 4-3 do Peru.

Uruguai é a equipe que mais vezes se manteve sem receber gols na história da Copa América: em 77 das 200 partidas disputadas.

Uruguai é a equipe com maior número de assistências em Brasil 2019 junto com o anfitrião e Chile (5). É uma das equipes com 2 gols de cabeça.

Óscar Tabárez (URU), técnico do Uruguai, completará 30 partidas em Copa América. Recorde 29 partidas disputadas, 13 vitórias, 7 empates e 9 derrotas (52.87% de efetividade).

O Uruguai tem Luis Suárez que foi um dos jogadores que mais teve participação dos gols nesta Copa América (2 gols e 1 assistência), sendo também o jogador com mais finalizações (18).

Já o Peru conta com o carrasco Paolo Guerrero (PER), maior finalizador do time na fase de grupos (8) e já converteu 4 gols em 9 partidas disputadas contra “La Celeste”.

Escalaações prováveia:
Uruguay: Fernando Muslera – Giovanni González, José María Giménez, Diego Godín, Martín Cáceres – Lucas Torreira, Federico Valverde, Rodrigo Bentancur, Giorgian De Arrascaeta o Nicolás Lodeiro – Luis Suárez y Édinson Cavani. DT: Óscar Tabárez.
Perú: Pedro Gallese – Luis Advíncula, Carlos Zambrano, Luis Abram, Miguel Trauco – Renato Tapia, Yoshimar Yotún – André Carrillo, Christian Cueva, Edison Flores – Paolo Guerrero. DT: Ricardo Gareca.
Árbitro: Wilton Sampaio (BRA).
*Com informações de Conmebol e @DataFactoryBR